domingo, fevereiro 11, 2007

COLUNA BATENDO COLOCADO... TODA SEMANA AQUI!

TOMEI VERGONHA NA CARA E RESOLVI VOLTAR!

VAMOS DE ESPORTE...



Está chegando a hora!
Um clima que lembra a emoção de se encontrar com a primeira namorada, com a de mostrar o boletim com notas vermelhas aos pais, com direito ao frio na barriga e nó na garganta! Esse é o sentimento que os amantes do futebol estão demonstrando com a proximidade da estréia da Ulbra na Copa do Brasil 2007.

Que venha a Peçonhenta
A partir das 20 horas da próxima quarta-feira o Santa Cruz que atende pela alcunha de “Cobra Coral” vai enfrentar a “Coruja”. No mundo animal nós sabemos que os Strigiformes, ou seja, a família das Corujas costuma ter como presas as carniças de Raposas e Lobos, coincidentemente apelidos do VEC e do União Cacoalense. Com relação aos répteis, a Coruja tem como lanche uma Cobra Coral, meio estropiada é verdade por ser o 6º colocado na Campeonato Pernambucano (até o fechamento desta), terá que usar todo o veneno não utilizado até então no Nordeste. Outro pessoal preocupado é a do Galo, pois tal penoso é prato da Coruja, mas isso é alimento para março.

Imprensa
Rádio Alvorada, Rádio Ji-Paraná, Clube Cidade FM Ji-Paraná, Rede TV, Rede Vida, mais Rádios de Cacoal, Espigão do Oeste, Vilhena, Porto Velho e mais seis emissoras de Pernambuco estarão cobrindo o jogo da Copa do Brasil. As adequações e construção de espaço para as cabines estão sendo feitas para todos terem o conforto merecido. Para quem quer montar equipamento pra puxar o saco do governador durante o jogo, não transmitindo a partida, ou tirar foto pra site achando que é festa ou “pizeiro”, terão que passar pelo briefing da Federação e pegar credencial, senão só entra pagando ingresso.

Carteiraço!
Aviso aos policiais fora de serviço, pseudocronistas esportivos e amigos do parente do conhecido do time. Só entra sem pagar quem estiver trabalhando e devidamente credenciado. Novamente vai o alerta para quem não costuma fazer esporte, colunistas sociais e outros: Busquem se credenciar na Federação de Futebol de Rondônia, pois se aparecer com uma maquininha digital, dizendo que é do site “tal” só entra pagando. O acesso ao gramado será só para: Repórter de TV, Repórter de Rádio, Cinegrafista e Fotógrafo que terão credenciais diferenciadas. Repórteres de Impresso, terão espaço nas cabines e espaços destinados à imprensa.

VEC Alfineta
Como é gostoso o futebol né? Todos leram ontem a matéria do amigo Afonso Lock, sobre a apresentação do elenco do Lobo do Cerrado. Na ocasião foi anunciado que sete jogadores do atual elenco da Ulbra estariam a fim de jogar no VEC, inclusive quem já vestiu a camisa do time do Cone Sul. Fica fácil saber quem são os jogadores que vestiram a camisa, mas encontrei dois deles que na verdade disseram temer voltar a jogar no VEC, pois saíram de lá com dificuldades na liberação da documentação e a torcida pega no pé. Quem o diga é Miro, que por sinal não vi nem no VEC!

VEC Alfineta II
Mas esse calor é superado, pois Rocha e Simônio, saíram de lá e hoje estão de volta harmoniosamente. Como conheço alguns dirigentes do VEC, sei que a italianada leva o amor do time no coração e às ultimas conseqüências. O alvo ser a Ulbra na tentativa de desestruturação é clara, pois até hoje está engasgado o título perdido pela Ulbra com a bola fantasma que a arbitragem jura que saiu. Coisas do futebol!

Puxando na memória
Esse lance de arbitragem fazer lambança não é privilégio do VEC. Quem lembra da final entre VEC 4 x 2 Ji-Paraná, onde cá entre nós, aconteceu de tudo, além das irregularidades permitidas pelo árbitro reserva, como Bombeiros torcendo, gente invadindo, caminhão de som ligado para atrapalhar as cobranças de escanteios do Jipa, enfim foi-se. Outro lance em cima do Jipa foi um CFA x Ji-Paraná onde o Arnoldo estava inspirado e deu CFA. Foi duro, mas o tempo curou.

ULBRA Alfineta
Depois da matéria com o VEC dizendo ter jogadores da Ulbra doidos para atuarem no Cone Sul, a presidência da Ulbra responde. Primeiro Duizith disse que perdeu o sono de tanta preocupação com o time co-irmão. Ele disse também, que é importante o VEC jogar o estadual e não correr o risco de ficar de fora por não terem jogadores. “Nós até emprestamos a eles”, disse um amigo do primo do porteiro da guarita da Ulbra que viu José Luiz Duizith falando isso com olheiras de ter passado a noite em claro. É VEC essa não deu...

O Sérgio Milani não merece isso!
Um passarinho amazônico me contou a presepada de jogadores da Colúmbia, depois da primeira derrota do time na Taça Brasil de Futsal. Fiquei sabendo que um grupo de jogadores entornaram na gandaia e alguns chegaram às 5 da manhã no hotel. No mesmo dia perderam o segundo jogo diante um time acreano. Alguns jogadores seguiram as orientações de horário para recolhimento e concentração conforme o planejamento da comissão técnica. Infelizmente outros jogaram no ralo todo empenho e afinco do dono do time, em correr atrás de condições para o time poder jogar e representar o Estado. Lamentável.

Vamos interagir!
Me achem e passem informações no: santiagoroajunior@gmail.com ou pelo Orkut: Santiago Roa.

Um comentário:

catarina disse...

é quase uma hora da manhã. Vi no jornal da globo de hoje 21/02/07 a vitória do teu Time. Ulbra. Parabéns a todos aí. Fico feliz em saber que os esforços não estão sendo em vão.
catarina