domingo, agosto 27, 2006

COMEÇOU O DESESPERO PREVISÍVEL DOS JORNALISTAS PRÁTICOS EM RONDÔNIA!

Recebi um e-mail onde o site Tudo Rondônia publicou um artigo em forma de desabafo, assinado por Daniel Oliveira Paixão. Ele fala sobre o Sinjor, alegando que tal entidade não tem moral para exigir nada, em ralação a registros profissionais.
o artigo é esse: http://www.tudorondonia.com.br/new/ler.asp?id=943

Eu respondi o e-mail assim e compartilho com vocês:

JÁ VIVENCIEI ISSO EM CUIABÁ.

COMEÇA O DESESPERO DOS PRÁTICOS.
ISSO VAI SER ASSIM AQUI, COMO EM TODOS OS ESTADOS DA FEDERAÇÃO QUE POSSUEM FACULDADES DE JORNALISMO, COLOCANDO GENTE NO MERCADO.
QUANTO AO SINJOR, TEM SEUS DEFEITOS SIM, MAS O MÃO DE OBRA PRÁTICA ESTÁ COM OS DIAS CONTADOS, POIS SE OS PRÁTICO TIVESSEM PODER, NÃO TERIA LEI E NEM FACULDADE. TERIA ACABADO NO NINHO.
TODAS AS OUTRAS CAPITAIS SÓ CONTRATAM FORMADOS E ASSIM VAI SER POR AQUI, OU MELHOR JÁ ESTÁ SENDO. É UMA FORMA DE NIVELAR POR CIMA E CRIAR UMA UNIÃO EM DEFESA DA CLASSE.
O FUTURO DOS RECLAMÕES DE AGORA SERÁ O SEGUINTE: OU ELES MUDAM DE EMPREGO OU ESTUDAM, INDEPENDENTE DA COMPETENCIA OU TEMPO DE EXPERIÊNCIA. EU TIVE QUE ESTUDAR PARA TRABALHAR, AGORA NÃO É ACEITAVEL QUE VENHAM GRITAR AGORA SE DEIXARAM O BONDE DA HISTÓRIA PASSAR. SÓ LAMENTO, POR ALGUNS INSISTIREM EM NÃO ACORDAR PARA A VIDA AINDA!
OUTRA COISA! O JORNALISTA ESCREVE SOBRE TUDO E PARA ISSO É NECESSÁRIA A QUALIFICAÇÃO E ATUALIZAÇÃO. MESMO ATUANDO EM TODAS AS ÁREAS, ELE NUNCA VAI FAZER UMA CIRURGIA, ADVOGAR OU CONSTRUIR UM PRÉDIO. CADA UM NA SUA E A PROFISSÃO DE JORNALISTA NÃO É FORMADA POR ERRANTES E SIM POR GENTE QUE SABE DA RESPOSNABILIDADE SOCIAL QUE A PROFISSÃO EXIGE.
ESTOU PRONTO PARA DEBATER O TEMA! DE PREFERENCIA DE FORA AMIGAVEL, SE POSSÍVEL TOMANDO UM CHOPE, POIS ESSA DE XIITA TÁ POR FORA!

ABRAÇO

SANTIAGO ROA JUNIOR
JORNALISTA DE FATO E DE DIREITO

3 comentários:

Anônimo disse...

hahahahahahahaha... eu estou rindo pra não chorar pq sou formada em Radio e Televisão e ai q a coisa é feia mesmo viu!!
aki em Rondonia as pessoas acham q nós os radialistas só servimos para falar no rádio...
e além disso qualquer um aki é "radialista" tem cada anta no ar hauhauhuahuahuahauhauha... não há profissionalismo algum e os salários q os donos dos meios de comunicação oferecem são piores ainda...

Concordo que as coisas precisam mudar... pq não é qualquer um que cisma advogar e vira advogado...

a gente rala pra burro durante 4 anos na faculdade - ou mais quando não há greves - e depois cai no mercado de trabalho pra ganhar 450,00 reais por mês... é F*******
Diploma já!!!!

catarina disse...

Fim aos pseudosprofissionais.De GENÉRICO mesmo, só medicamento e olha lá, poucos são confiáveis.
Esta história de que não precisa estudar é papo exclusivo do Presidente LULA e vejam no que deu.
Estamos pagando muito caro por termos acreditado em alguem com esta linha de pensamento.
Estudar não é o melhor caminho. é o ÙNICO.

Anônimo disse...

Concordo com suas palavras: "Cada um na sua", mas a título de contribuição, sugiro que você continue estudando, principalmente o português, pois seus textos são pobres, sem concordância e com inúmeros erros. Aliás, tenho um amigo editor chefe de um jornal da capital e já falei várias vezes que os jornalistas locais precisam se atentar mais aos seus textos. Acredito que seja difícil fechar uma matéria sempre em cima da hora, mas por favor, não sacrifiquemos nossa sofrível lingua...
Detalhe: Não sou professor da lingua.

Um grande abraço com minhas sinceras admirações.