terça-feira, junho 20, 2006

VONTADE DE ALOPRAR!

Já notaram que de médico e louco todo mundo tem um pouco?
Pois é! Mas se alguém for exercer a medicina de forma ilegal vai preso...
Se alguém for dar uma de louco, vai preso ou para o hospício!

Agora o que não dá para entender, como tem gente que acha que entende de comunicação!
O pior de tudo é que não entendem, fazem burradas, pagam micos e king kongs, caem no ridículo e ainda se acham.

Bato na tecla para a criação urgente do Conselho Federal da classe dos Jornalistas, ou então até uma geral dos Comunicólogos, para evitar graves problemas que vemos por aí, tanto em produtos midiáticos ou então em irresponsáveis falando asneiras em um microfone.

Mas não é bem isso que quero abordar hoje. Meu objetivo é lembrar que sempre respeito as individualidades, divulgo, enalteço, elogio e vivo fazendo a política da boa vizinhança. Não banco o profissional de nenhuma área em que não seja habilitado. Quando não sei, pergunto!

Agora o que me incomoda e me dá ânsia é quando vem gente que a vida toda ficou atolada em uma linha de pensamento apenas, limitada a uma área e vem se achando o poderoso conhecedor de tudo e de todas as coisas. Nestes casos é que acontecem tais gafes comunicacionais.

Não me incomodo com quem não teve oportunidade de estudo, ou que atua via senso comum, pois aí a falta de conhecimento é por outros motivos.

O que me incomoda é quando aparece alguém, com títulos de uma área apenas e se acha no direito de pilotar avião, realizar cirurgias, escalar a seleção, advogar e demais funções restritas aos seus profissionais, sendo que é mestre ou doutor em plantio de alface, ou então, comportamento de roedores!

Como isso não vai mudar tão cedo, vou começar a partir de agora a me meter e procurar encrenca!

A partir de agora, vou anunciar alguns cursos que irei ministrar:

1 - Medicina Familiar (Essa vai prum médico amigo que vive dando pitacos errados)
2 - Fisiologia (Essa vai para a esposa do amigo)
3 - Ciências da Computação (...)
4 - Filosofia Aplicada a Educação (Niãm)
5 - Entrando em forma (Amigos... não me provoquem)
6 - Como Plantar Soja (Para seres do Mato Grosso)
7 - Destrinchando o Estatudo do Torcedor (Para a Diretoria do VEC)
8 - Criando Porcos, Suínos e Leitões (Também para o povo de MT)
9 - Direito em duas aulas (Prum gaúcho muito meu amigo! L.E.)
10 - Como fazer escândalo! (Pra muitos de uma lista que eu prezo muito, que não sabem fazer escândalo e demonstram suas indgnações de forma ridícula!)

Interessados, podem se inscrever nos cursos via link de comentários do Blog.
Os cursos são gratuítos e serão ministrados em lugares que serão divulgados posteriormente.

Nome:_______________________
Curso:_______________________
Time que torce:________________
Prato Preferido:________________

Abraço...

4 comentários:

Juliana Coelho disse...

Ótimo Santiago!
Com tantos jornalistas no mundo, provenientes de todas as outras áreas profissionais, nós vamos mesmo ter que arrumar outros afazeres.
Escrevi um texto há algum tempo sobre isso. Vou te mardar por email.
Grande abraço.
Juliana Coelho
Belo Horizonte / MG (Por pouco tempo - Rondônia me espera)

Juliana Coelho disse...

Há! Vou mandar aqui mesmo... Acho que cabe...

Profissão Jornalista

Juliana Coelho

A minha profissão? Jornalista. O que é ser jornalista? É fazer jornais, escrever notícias. Sei lá, é basicamente escrever. Se bem que escrever não é bem um trabalho. Além de não trabalhar, vivemos de viajar e escrever histórias dos lugares por onde passamos. Quer conhecer meu trabalho? Que trabalho? Escrever cinco ou seis laudas por dia? Fazer matérias ou reportagens não dá trabalho nenhum.

Chegamos das viagens e descansamos por uma semana mais ou menos. Vamos para os jornais, geralmente às 11 da manhã e saboreamos um breakfast maravilhoso oferecido pela empresa. Pausa (o nosso trabalho tem mesmo muitas pausas). Sentamos em nossa confortável poltrona, com uma vista maravilhosa a nossa frente e ditamos, sem nenhuma dificuldade, (é como se recebêssemos as palavras do além) a um secretário maravilhoso, que também é massagista, inúmeras páginas que logo serão publicadas, sem nenhuma modificação, e farão milhares de leitores felizes.

O resto do tempo sobra para quê? Para visitar exposições, assistir a filmes e peças teatrais. Além dos shows. Só daqueles artistas que gostamos, é claro. E finalmente a parte principal do dia, que é escutar o que, carinhosa e afetuosamente, o nosso chefe tem a dizer sobre nosso desempenho e sobre o que ele espera no dia seguinte. O que chamamos de: reunião de pauta. Não importa que no próximo dia sejam três ou quatro pautas, dá tempo para tudo isso, é minha função mesmo. Adoro escrever. É mesmo a profissão mais mole do mundo.

Como escrever não é trabalho, qualquer um se acha no direito de nos interromper a qualquer momento e por todo o tempo que seja necessário enquanto trabalhamos. O que é ótimo. E nós nunca, nunca mesmo, nos importamos. No dia-a-dia, de 11 da manhã a no máximo três da tarde, andamos de um lado para o outro. E também, quando não estamos viajando, trabalhamos até de noite. Temos uns hábitos diferentes mesmo. Um deles é o de dedicar os fins de semana e os feriados com muito prazer, amor e dedicação aos plantões nas redações. E adoramos, mesmo. Sei lá, é incrível. Rotina? Nunca. O repórter vai ao show do Roling Stones num dia, no outro derruba o presidente, no outro cobre uma final no Mineirão. Não é mesmo fascinante?

Além de tudo isso, o nosso trabalho é muito útil. Aliás, se você não sabe, é um trabalho de utilidade pública. Além de embrulhar o peixe do seu João ali da esquina, serve também pra ensinar a Joana, minha cachorra, a fazer pipi no lugar certo. Ah! Já serviu também para confeccionar bonecos de papier maché na escola da minha irmã.

Nós também fazemos entrevistas. Muitas. Por isso, não se meta! Temos autoridade em tudo. Não entende? Jornalista é filósofo, astrólogo, sexólogo, antropólogo, advogado, obstetra (mulher parida também) e mais umas cinco ou seis dezenas de especialidades que vamos adquirindo, à medida que ficamos mais velhos. Agora, mais recentemente, somos também economistas.

Temos também, como importantíssima atividade, participar de debates. Participamos de mesas-redondas, não necessariamente redondas, a respeito de qualquer tema, sobre o qual nos apresentamos com todo conhecimento de causa. Falamos com propriedade sobre candomblé, aeronáutica nos Andes, situação econômica da Lituânia, culinária Marajoara, relacionamento afetivo dos macacos, dieta dos astros de Hollywood e muitíssimos outros assuntos. Aliás, não basta que participemos das mesas com perguntas ou observações, é preciso "debater" cada ponto de vista, sob o risco de ser considerado um idiota que não sabe o que faz. Sabemos tudo sobre tudo. Até porque, chegamos às 11 porque antes lemos, escutamos e vemos todos os jornais. É nosso trabalho. Quer saber? Pergunte.

Há também jornalistas que trabalham em assessorias, no rádio ou na televisão. Por isso, adoramos também ser comparados com os astros da TV. "Você é jornalista? Como aqueles da TV? Qual é mesmo o nome deles? Luciana Gimenez, Leão Lobo, João Kleber, aquele outro... Jornalista esportivo. Huuum... Dadá Maravilha!". É mesmo muito bom ser reconhecido pelo nosso trabalho!
Pensando bem, talvez seja mesmo a melhor profissão que existe, porque, além de não trabalhar (a não ser de graça, mas aí não é trabalho), você pode falar da vida de todo mundo. Além do que, não precisamos pensar em dinheiro o tempo todo. Você vê o jornal que você faz vender, vender e vender e nunca, nunca mesmo, tem que se preocupar com os cálculos que teria que fazer se tivesse participação nos lucros. Quer tentar? É fácil. Venha ser um jornalista também.

Ivanilde Pego disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Ivanilde Pego disse...

Cara, massa esses cursos vou indicar para uns "amigos", eles vão adora. Tenho certeza que o grau de conhecimento desses "manés" pode até não atingir o máximo em informação, mas já me livra de perguntas e comentários idiotas de quem sempre acha que sabe de tudo, sobre qualquer assunto ou área.
To adorando esse teu blog, desce a peia!!!